AdBlock Detected

Parece que você está usando um bloqueador de anúncios!

Por favor. Contribua com nosso trabalho desativando o bloqueio de anúncios. Obrigado!

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Dicas de Desenvolvimento Pessoal, Relacionamento Afetivo e Frases Motivacionais

Lucia Helena Galvão: A Vida é Uma Viagem Sem Fim

Lucia Helena Galvão: A Vida é Uma Viagem Sem Fim




Neste pequento texto lhe apresento uma pequena reflexão da filósofa e professora Lucia Helena Galvão. Espero que gostem e boa leitura.

Lucia Helena Galvão: A Vida é Uma Viagem Sem Fim
A vida é como se fosse uma viagem ou você vai no banco da frente com olhos bem abertos e indo para onde escolheu ir.
Ou você vai no banco de trás sendo conduzindo por alguém que você não sabe quem e para um lugar que você não sabe onde é, ou seja: Parado nunda fica.

Lucia Helena Galvão

Nada se detém na vida, pois, tudo é modo contínuo e movimento, mas existe umas opções:
 
Ou você se move, conscientemente, naquilo que se comprometeu ou você vai ser arrastado servindo aos interesses de alguém.
Pior das causas, em suma, que é a causa dos alienados que são manipulados por aqueles que tem interesses que sabem muito bem onde querem chegar e estão comprometidos com eles.
 
Então, se você não está comprometido com nada alguém está com alguma coisa que, talvez, não seja tão boa e vai te usar pra isto.
Enfim, solto você não fica!! Se você não assume livre e conscientemente tua meta, alguém vai assumir uma meta por você e vai te usar sem que você tenha consciência.
 
Ou seja: Tudo soma em alguma direção, toda energia do universo soma em alguma direção e isto acaba gerando uma tirania, uma escravidão inconsciente, que é o pior tipo de escravidão que existe.
Os filósofos nos dizem que sempre temos que estar atento para perceber a diferença entre a escravidão consciente e inconsciente.
Leia mais da Lucia helena galvão

Lucia Helena Galvão

Se sou escravo de alguém e sei, a primeira oportunidade ,que eu tiver vou passar uma rasteira nessa pessoa, pegar essa chave das minhas correntes e fugir.
Agora se sou escravo e me considero livre, eu vou acariciar as correntes que me prendem e se alguém tentar me libertar eu vou virar contra essa pessoa.
Enfim, nós somos escravos de muitas coisas na sociedade e muitas formas do inconsciente coletivo.
Muitas massificações e se alguém tentar nos tirar isto consideramos como uma perda de liberdade, aliás, o mito da caverna do platão mostra muito este fato.
 
Moral da história: Você vive no banco de trás ou da frente?
(Prof Lúcia Helena Galvão)
Picture of Walmei Junior

Walmei Junior

Sou Administrador de Empresa, Pós Graduado em recursos Humanos (MBA). Além de ser Coach, Palestrante, Practitinoer em Programação Neurolinguística, Hipnólogo e apaixonado pela mente humana e auto conhecimento.

Comente o que achou:

---------------Veja mais---------------

PARA MAIORES INFORMAÇÕES CLIQUE NAS FIGURAS ABAIXO PRA COMPRAR.