AdBlock Detected

Parece que você está usando um bloqueador de anúncios!

Por favor. Contribua com nosso trabalho desativando o bloqueio de anúncios. Obrigado!

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Dicas de Desenvolvimento Pessoal, Relacionamento Afetivo e Frases Motivacionais

Musicas para Relaxar. Com Comprovação Científica. Leia Agora

Musicas para Relaxar. Com Comprovação Científica. Leia Agora




Você quer saber das melhores musicas para relaxar? Pois é! Eu te mostro a melhor com comprovação científica. Vamos a ela? Espero que gostem e boa leitura.

Musicas para Relaxar

Um pesquisador e várias pessoas do meio musical se uniram a terapeutas de som da Academia Britânica de Terapia Sonora para afimar que tem, cientificamente, comprovada uma musica pra aliviar o estresse e diminuir a ansiedade.

A faixa Weightless , da banda Marconi Union, foi apelidada de “a música mais relaxante do mundo”.

A Mindlab International, especialista em neurociência e comportamento do consumidor reuniu um grupo de 40 participantes.

O objetivo era que este grupo escutasse umas 10 músicas enquanto monitoravam suas respostas fisiológicas.

A música Weightless superou todas as outras músicas testadas, reduzindo os níveis de estresse e ansiedade em impressionantes 65%.

Seu efeito tranquilizante estendeu-se, também, aos principais marcadores fisiológicos, pois, os ouvintes experimentaram frequência cardíaca mais lenta, pressão arterial mais baixa e frequência respiratória reduzida. 

Com base nessas descobertas, Lyz Cooper, fundadora da British Academy of Sound Therapy, comentou na época do julgamento de 2019:

Ao combinar esses elementos da maneira que Marconi Union fez, criou a música relaxante perfeita”.

Teoria interessante, disse Kathleen Howland, professora de música no Berklee College of Music, ao Psychiatrist.com. Mas provavelmente impreciso. 

“As referências musicais são afinadas, inerentes tanto a formação quanto à experiência”, disse ela. “Então você não pode ter apenas uma peça musical que agrada a todos.”

A música precisa falar com o ouvinte individual para ter efeito, destacou Howland, em suma, a preferência pessoal, a cultura e o ambiente contribuem para a forma como as notas atingem o ouvido de uma pessoa.

Por exemplo, embora milhões de pessoas gostem do estilo musical do saxofonista Kenny G, ela própria não é fã, pois, também, não gosta muito das músicas que o marido escreveu com uma ex-namorada. 

Leia também:

Musica: A musicoterapia ajuda a curar doenças

Musicas motivacionais e inspiradoras pra vencer

Musicas para Relaxar. Com Comprovação Científica. Leia Agora
musica para relaxar

Musicas para Dormir 

Por que a música funciona?

A banda se apoiou na ciência ao escrever Weightless, pois, eles calibraram, cuidadosamente, seus arranjos para provocar um relaxamento profundo. 

A música começa com um andamento de 60 batimentos por minuto (BPM), refletindo a frequência cardíaca média em repouso de um adulto. 

Ao longo de sua duração a velocidade passa gradualmente para 50 BPM, uma escolha deliberada para guiar a frequência cardíaca do ouvinte para um estado mais lento e suave.

Em termos de composição, a música, também, emprega uma técnica conhecida como “arrastamento”, que alinha as ondas cerebrais do ouvinte com as frequências da música.

Esse alinhamento, junto com o andamento, estimula a sincronização da frequência cardíaca com a música, facilitando ainda mais um estado de calma.

Uma tapeçaria de baixas frequências, andamento lento e sons suaves e suaves formam a base da música. Pianos, guitarras e sinos se misturam aos cantos para criar uma melodia que é ao mesmo tempo etérea e aterradora.

Os pesquisadores acreditam que o uso cuidadoso desses conceitos ativa o sistema de recompensa do cérebro, liberando dopamina e induzindo uma sensação de bem-estar.

A música, também, incorpora um aspecto ambiental.

Amostras de sons naturais, como água escorrendo e cantos de pássaros, visam desencadear uma resposta biofílica, uma atração humana inata pelos seres vivos e um senso de unidade com a natureza.

Deixando de lado o ceticismo sobre o apelo universal da música, Howland, concordou que todos esses são elementos que você procuraria em qualquer peça musical suave.

“A música sedativa sempre terá um ritmo mais lento, pois, não haverá grandes saltos na composição. Não haverá surpresas.

A música deve ter boa previsibilidade, mas não ser chata.

Queremos que as pessoas sejam essencialmente mantidas, contidas e apoiadas na previsibilidade da música, não importa quais sejam as instrumentações”, explicou ela.




Musicas para Relaxar

Pesando as Evidências Científicas

O potencial clínico do “Weightless” convida a uma comparação com outros métodos mais convencionais de redução da ansiedade, como medicamentos, terapia cognitivo-comportamental (TCC) e terapias físicas como massagem ou meditação. 

Um estudo recente da Universidade da Pensilvânia lançou as bases para tal comparação, avaliando a eficácia do Weightless contra o sedativo amplamente prescrito, o midazolam. 

Os pesquisadores descobriram que ambas as intervenções são igualmente eficazes na redução da ansiedade em pacientes pré-operatórios, mas o Weightless teve a vantagem distinta de ser desprovido de quaisquer efeitos adversos ou complicações. 

Outra pesquisa da Universidade de Nevada, Reno, comparou os efeitos da música na qualidade do sono com uma música placebo. 

Os resultados indicaram uma melhoria significativa nas métricas do sono entre aqueles que ouviram Weightless . 

Ambas as investigações foram relativamente pequenas e no estudo da Penn, os pesquisadores notaram que o grupo que recebeu o sedativo relatou sentir-se mais satisfeito com os resultados.

E os médicos reclamaram que a música atrapalhava as conversas com os pacientes.

Resumindo: Os pesquisadores precisam de muito mais dados antes de declarar que a música está no mesmo nível das formas padrão de terapia de ansiedade. 

Onde encontrar a musica? Clique aqui




Musicas para Relaxar

O poder da musicoterapia

Ainda assim, todas essas descobertas sugerem que os acordes calmantes de uma música bem composta podem ajudar no combate a ansiedade com poucas reações negativas.

Howland concordou de todo o coração, pois, ela disse que a música pode realmente ser uma forma muito poderosa de reduzir o estresse e conter a ansiedade.

Ela mesma usa a musicoterapia para ajudar a acalmar os nervos das pessoas antes da cirurgia, durante a quimioterapia e no hospício. 

“Quando estamos ansiosos, nosso funcionamento executivo fica realmente comprometido e a música pode ajudar a domar esse poderoso circuito cerebral. 

Podemos ver como podemos fornecer a informação sensorial correta, para mudar o funcionamento do cérebro da resposta ao estresse para a resposta de relaxamento”, explicou ela. 

Ouça a música e julgue por si mesmo. 

Mas os pesquisadores alertam contra ouvir a pista enquanto dirige ou em qualquer situação em que a sonolência possa ser perigosa.

Fonte desta matéria: Psychiatrist.com




Picture of Walmei Junior

Walmei Junior

Sou Administrador de Empresa, Pós Graduado em recursos Humanos (MBA). Além de ser Coach, Palestrante, Practitinoer em Programação Neurolinguística, Hipnólogo e apaixonado pela mente humana e auto conhecimento.

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

---------------Veja mais---------------

PARA MAIORES INFORMAÇÕES CLIQUE NAS FIGURAS ABAIXO PRA COMPRAR.